Portal Alto Piquiri
Coronavirus
Decoração
ACCEL CELULARES
Tíade Corretorra
Dengue
Sumup
Dengue
El Mate
Portal Alto Piquiri
Crime Bárbaro

Mulher mata grávida de 36 semanas, abre barriga com estilete e rouba bebê

A suspeita era uma "amiga" que forjou um chá de bebê surpresa para atrair a vítima.

29/08/2020 08h48Atualizado há 1 mês
Por: Redação
Fonte: PortalT5
1.482
Flavia Godinho Mafra foi assassinada nesta quinta-feira (27) Foto: Reprodução/Redes sociais
Flavia Godinho Mafra foi assassinada nesta quinta-feira (27) Foto: Reprodução/Redes sociais

Um crime bárbaro chocou os moradores de uma cidade chamada Canelinha, em Santa Catarina. Uma mulher confessou ter atraído uma gestante de 36 semanas para, em seguida, matá-la. Após o crime, ela abriu a barriga da grávida com a ajuda de um estilete e roubou o bebê.

A gestante Flávia Godinho Mafra estava desaparecida desde a tarde desta quinta-feira (27). A família chegou a fazer uma campanha nas redes sociais para tentar encontrá-la e comunicou o caso a polícia.

Segundo familiares de Flávia, ela teria saído para participar de um chá de bebê surpresa, que teria sido organizado por uma amiga, no entanto, o evento foi uma forma de atraí-la para o local do crime.

 O suposto chá-de-bebê aconteceria na cidade de São João Batista, mas Flávia não chegou ao local. O convite para esse evento foi feito, segundo a polícia, por uma amiga da vítima identificar por Rozalba, que confessou o crime.

A gestante foi levada na verdade para uma cerâmica desativada no bairro Galera, na cidade de Canelinha. No local, ela teria sido atingida por tijoladas até ficar inconsciente. Em seguida, a criminosa, com ajuda de um estilete, abriu a barriga da mulher e roubou o bebê. A ação acabou causando cortes também na criança.

Depois de roubar o bebê, na companhia de um homem que se passava pelo pai, a suspeita teria o levado ao hospital da cidade. Ela afirmou que era mãe da criança, o que fez os funcionários suspeitarem.

O casal foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia de Tijucas. No local, a mulher admitiu o crime e teria dito que inventou a história do suposto chá de bebê justamente para atrair a vítima. A autora do crime chegou a compartilhar publicações sobre o desaparecimento da gestante.

 O bebê foi encaminhado para o hospital infantil Joana de Gusmão, na capital, Florianópolis.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Alto Piquiri - PR
Atualizado às 21h11
28°
Pancada de chuva Máxima: 37° - Mínima: 18°
28°

Sensação

2.4 km/h

Vento

40.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
ACCEL CELULARES
Dengue
Portal Alto Piquiri-Dengue
Coronavirus
Sumup
ACCEL CELULARES
Previsão do Tempo
Portal Alto Piquiri
Coronavirus
Portal Alto Piquiri
Municípios
Portal Alto Piquiri
Charge
Coronavirus
Portal Alto Piquiri
Dengue
Portal Alto Piquiri
Últimas notícias
Portal Alto Piquiri
Mais lidas
Portal Alto Piquiri
Anúncio