Dengue
El Mate
Sumup
ACCEL CELULARES
Dengue
Portal Alto Piquiri
Coronavirus
Decoração
Tíade Corretorra
Portal Alto Piquiri
VIVA A VIDA

Setembro Amarelo: Sua vida é preciosa

Toda luta, por mais difícil que seja, tem fim.

07/09/2020 11h48Atualizado há 3 semanas
Por: Redação
Fonte: GUIAME
135
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Entramos no mês de setembro e com ele, a importante campanha “Setembro Amarelo”, criada para despertar a consciência das pessoas sobre o suicídio e, claro, buscar prevenção desse terrível mal.

Embora abril seja considerado “o mês da mentira”, podemos trazer este mesmo elemento, a mentira, para falar da questão do suicídio, já que ela pode ser considerada o “embrião do suicídio” e de todos os males que se iniciam na emoção, no coração humano. 

O indivíduo com ideação suicida é assediado por diversos pensamentos mentirosos a respeito de inúmeras situações e circunstâncias relacionadas à sua existência. Ao ser atingido por essa avalanche de pensamentos, torna-se vítima de sofrimentos que o farão acreditar que a única forma de se livrar de todas as mazelas seja tirar sua própria vida.

 Apesar de podermos ver esse lado de um possível pensamento suicida, é obvio que inúmeros transtornos figuram na mente e no cérebro deste indivíduo que está doente e precisa desesperadamente de ajuda, na minha opinião, médica, psicológica, familiar e espiritual.

É fundamental que todos nós guardemos a nossa mente (das mentiras, que podem surgir em forma de dardos invisíveis para atingir o emocional, levando a pessoa à depressão e outros sofrimentos). Além das causas patológicas, não podemos ignorar os espíritos de engano que mentem para as pessoas, empurrando-as para questionamentos equivocados a respeito de seus relacionamentos interpessoais e delas próprias.

Desde pequeno, cerca de 3 anos de idade, começamos a construir nossa autoimagem, autoconceito e vamos fazendo as nossas leituras, interpretando, na infância e sem base de juízo, sobre o que está ao nosso redor. Isso faz com que tenhamos dificuldades de fazer algumas leituras e passamos a gerar conceitos equivocados.

Uma questão básica é pensarmos na impotência diante dos fatos. Dentro dos equívocos emocionais, a tentativa de suicídio pode ser a busca para o alívio ou uma fuga dos problemas e de si mesmo. Mas ninguém pode fugir de si próprio! A luta que vivemos dentro do mundo interno potencializa os equívocos emocionais, que acabam sendo fortalecidos pelo “espírito do engano” e pela impotência de reação diante do que consideramos algo sem saída.

No entanto, é preciso considerar que as saídas existem. Toda luta, por mais difícil que seja, tem fim. Talvez a resposta não chegue quando se luta sozinho, mas com ajudar de pessoas que estão envolvidas em nossa vida e com profissionais de saúde mental, o que deve ser completamente considerado sem nenhum preconceito.

Você já ouviu falar em “bom ânimo”? Quero te falar algo simples que talvez você nunca tenha parado para pensar. Não basta apenas ter ânimo, ele precisa ter qualidade, precisa ser “bom”. O bom ânimo não nos faz querer desistir, ou destruir, ou parar. Ao contrário, com esse incentivo, Jesus muitas e muitas vezes falou com as pessoas para fazê-las avançar!

Pense a respeito disso. Busque ajuda quando sentir que seus pensamentos estão sendo acometidos por ideias estranhas. Não se envergonhe de abrir seu coração, sua alma, e pedir ajuda. Ninguém se recusará a estender a mão a você. Sua vida é preciosa para alguém, tenha certeza. Além claro, de Deus, para quem sua vida é PRECIOSÍSSIMA. Que ela seja preciosa para você mesmo, que tem um propósito maravilhoso a VIVER nesta Terra.

Deus te abençoe com força e com paz!

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários