Dengue
ACCEL CELULARES
Portal Alto Piquiri
Dengue
Alto Piquiri
Coronavirus
Portal Alto Piquiri
Tíade Corretorra
El Mate
Decoração
Sumup
JUSTIÇA

Procurador federal vê crime em frase 'virei boiola igual maranhense' de Bolsonaro

Desde 2019, o Supremo Tribunal Federal enquadra homofobia e transfobia no tipo penal.

13/11/2020 14h12Atualizado há 3 semanas
Por:
Fonte: ESTADAO CONTEUDO
42
© null
© null

procurador federal dos Direitos do Cidadão, Carlos Alberto Vilhena, considera que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cometeu crime de racismo ao fazer 'piada' com tom homofóbico durante uma visita ao Maranhão no final de outubro. Desde 2019, o Supremo Tribunal Federal enquadra homofobia e transfobia no tipo penal.

Na ocasião da viagem, em uma parada não programada no município de Macabeira, apoiadores ofereceram a Bolsonaro um copo de Guaraná Jesus, refrigerante cor-de-rosa tradicional no Estado.

"Agora virei boiola igual maranhense, é isso?", provocou o presidente, rindo, ao tomar o refrigerante. "É cor-de-rosa do Maranhão aí, ó. Quem toma esse guaraná aqui vira maranhense, hein?". Indicando a cor da bebida, ele questionou os apoiadores: "Que boiolagem é isso aqui?".

Após repercussão negativa, Bolsonaro pediu desculpas pela declaração em transmissão ao vivo nas redes sociais. "Foi uma brincadeira, mas a maldade está aí. Quem se ofendeu, eu peço desculpas", disse.

A manifestação do procurador federal foi no âmbito de uma representação do PSOL pedindo a abertura de uma investigação contra o presidente por homofobia. Para a sigla, Bolsonaro tem apresentado 'de maneira reiterada e persistente uma postura abertamente homofóbica'.

Na avaliação de Carlos Alberto Vilhena, o presidente se manifestou de 'maneira ofensiva tanto à população LGBTI+ quanto ao povo maranhense'.

"As condutas ali narradas configuram, ao menos em tese, o crime de racismo - tipificação na qual se enquadram as condutas homofóbicas e transfóbicas, conforme decidido pelo Supremo Tribunal Federal", afirma o procurador no documento.

Como a atuação da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão se restringe ao âmbito extrajudicial, cabe ao procurador-geral da República, Augusto Aras, provocar o Supremo Tribunal Federal a decidir sobre a responsabilização do presidente pela eventual prática do crime comum. A representação do PSOL foi encaminhada para análise de Aras.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Alto Piquiri - PR
Atualizado às 10h33
28°
Poucas nuvens Máxima: 33° - Mínima: 20°
28°

Sensação

18.9 km/h

Vento

49.5%

Umidade

Fonte: Climatempo
Portal Alto Piquiri-Dengue
Dengue
ACCEL CELULARES
Previsão do Tempo
Coronavirus
Sumup
ACCEL CELULARES
Coronavirus
Portal Alto Piquiri
Portal Alto Piquiri
Municípios
Dengue
Portal Alto Piquiri
Portal Alto Piquiri
Charge
Portal Alto Piquiri
Coronavirus
Últimas notícias
Portal Alto Piquiri
Mais lidas
Portal Alto Piquiri
Anúncio