Sexta, 28 de Janeiro de 2022
28°

Pancada de chuva

Alto Piquiri - PR

COTIDIANO França

Pai de paranaense morta na França viaja para rever os netos e participar de audiência sobre sepultamento

Franciele Alves foi morta a facadas em setembro, e o marido dela é o principal suspeito do crime. Filhos da vítima, que têm 2 e 4 anos de idade, estão em abrigos sob proteção da justiça francesa.

28/12/2020 às 21h48
Por: Redação Fonte: RPC Maringá
Compartilhe:
Franciele Alves foi morta a facadas em uma cidade perto de Paris, na França — Foto: Reprodução/RPC
Franciele Alves foi morta a facadas em uma cidade perto de Paris, na França — Foto: Reprodução/RPC

O pai de uma jovem paranaense que foi morta a facadas na França viajou ao país nesta segunda-feira (28) para reencontrar os dois netos e participar de uma audiência sobre o sepultamento da vítima.

Franciele Alves tinha 29 anos e foi morta na cidade de Champigny-sur-Marne, que fica na região de Paris, em setembro. O marido dela, o brasileiro Rodrigo Martin, é o principal suspeito do crime e está preso.

A vítima era de Paiçandu, no norte do Paraná, e tinha dois filhos. As crianças têm dois e quatro anos de idade e, após a morte da mãe, estão vivendo em abrigos sob proteção da justiça francesa.

A família de Franciele quer pedir a guarda das crianças, que devem ser direcionadas para um tio da vítima. O pai da jovem, Jurandir da Silva, disse que quer dar um futuro melhor aos meninos.

"Dar um conforto bom para os filhos dela, para que tenham bons estudos. É o que resta, não resta mais nada. Isso é muito doído", disse.

Sepultamento

Jurandir embarcou para Europa onde também deve participar de uma audiência para definir o sepultamento de Franciele. Três meses após a morte, o corpo dela continua no Instituto Médico-Legal (IML) francês por causa das investigações.

"Planejei ir lá com alegria, para abraçar minha filha, meus netos. Mas, infelizmente, estou indo lá forçado para resolver uma coisa totalmente diferente. Eu não posso deixar ela nessa situação. Eu quero que ela descanse em paz", afirmou.

O pai da jovem disse também que ela relatou que o companheiro havia mudado de comportamento e pediu conselhos à família.

"Ele vai ter que pagar o que ele fez com a minha filha. Além de eu perder minha filha, perdi ele como um filho também e estragou a vida dos filhos deles", disse.

O caso

Franciele Alves foi esfaqueada no dia 25 de setembro no apartamento onde morava com as crianças e o marido. Rodrigo se entregou à polícia um dia depois e confessou o crime.

O casal de Paiçandu havia se mudado para França há dois anos, onde buscava uma vida melhor.

Na França não há previsão legal para o crime de feminicídio. Apesar disso, Rodrigo pode ser condenado à prisão perpétua caso a Justiça entenda que o crime tenha sido premeditado.

Em entrevista à RPC, em setembro, o advogado do suspeito disse que Rodrigo não negava ter matado Franciele e que estava devastado pelo crime que cometeu.

Franciele e Rodrigo moravam há dois anos na França — Foto: Reprodução

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Paiçandu - PR
Paiçandu - PR
Sobre o município Paiçandu é um município brasileiro localizado no Norte-Central do estado do Paraná, na Região Metropolitana de Maringá.Sendo município vizinho de Maringá, é considerado uma cidade dormitório, já que a grande maioria de sua população trabalha e estuda em Maringá, ainda que o comércio seja algo significativo.
Alto Piquiri - PR Atualizado às 16h00 - Fonte: ClimaTempo
28°
Pancada de chuva

Mín. 21° Máx. 28°

Sáb 27°C 19°C
Dom 28°C 19°C
Seg 30°C 20°C
Ter 32°C 21°C
Qua 33°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias