Sexta, 05 de Março de 2021
(44)9 8806-5594
ESPORTES Covid-19

Mãe de Ronaldinho Gaúcho morre em decorrência de covid-19 aos 71 anos

Várias manifestações de apoio tem sido publicadas nas redes sociais em apoio ao jogador.

20/02/2021 21h13 Atualizada há 2 semanas
253
Por: Redação Fonte: Portal O Tempo
Ronaldinho Gaúcho e sua mãe Miguelina de Assis — Foto: Pedro Souza / Atlético
Ronaldinho Gaúcho e sua mãe Miguelina de Assis — Foto: Pedro Souza / Atlético

Dona Miguelina, de 71 anos, mãe do jogador Ronaldinho Gaúcho, morreu neste sábado (20), vítima de Covid-19. A idosa foi diagnosticada com a doença em dezembro e permaneceu internada desde então para tratamento. Contudo, não conseguiu superar o novo coronavírus. Antes de perder a batalha para a enfermidade, ela já havia lutado contra um câncer.

Ronaldinho Gaúcho é ídolo dos atleticanos e, no clube mineiro, conquistou a Copa Libertadores, em 2013. Ao saber da morte de dona Miguelina, o prefeito Alexandre Kalil (PSD), que foi mandatário do Galo, prestou solidariedade. Nas redes sociais, disse: "Ronaldinho, meu filho, eu sei o que é perder uma mãe. Meus sentimentos nesse momento tão difícil".

O Atlético também lamentou a morte e publicou mensagem de apoio ao craque: "A Família Atleticana deseja pronta recuperação para a nossa querida Dona Miguelina. A Massa está com vocês", informou a publicação.

Ronaldinho atuou no Galo de 2012 até 2014. E, além de levantar a taça de campeão da Libertadores,  fez parte do time que conquistou o Campeonato Mineiro, em 2013, e da Recopa, em 2014.

Homenagem

Em setembro de 2012, antes de uma partida contra o Grêmio pelo Campeonato Brasileiro, a torcida do Atlético levantou um banner de Miguelina e Ronaldinho com os dizeres “Fé em Deus”.  À época, a mãe do jogador atleticano travava uma batalha contra o câncer. A homenagem foi lembrada pelo atleta em diversas entrevistas como um marco emocionante na passagem pelo Galo. 

O Atlético também já prestou homenagem à dona Miguelina. Na época em que ela estava internada tratando do câncer, o clube publicou a seguinte mensagem: "A Família Atleticana deseja pronta recuperação para a nossa querida Dona Miguelina. A Massa está com vocês".

 

Um ano depois, antes de um clássico no Independência e com a vitória da mãe contra a doença, Ronaldinho foi com Miguelina até o estádio e a apresentou à torcida alvinegra.

Produtos na loja do Galo

Em 2012, durante lançamentos de produtos do Ronaldinho na Loja do Galo, o jogador falou da gratidão por atuar no time mineiro.

"Ter meu nome gritado pela torcida, tanto no estádio quanto aqui na loja, é algo que nunca tinha acontecido na minha vida. E eu nunca vou esquecer o que a torcida vem fazendo por nós. Definitivamente, o Atlético-MG ficará marcado em nossa família", disse na ocasião.

Apoio

Várias manifestações de apoio tem sido publicadas nas redes sociais em apoio ao jogador.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Alto Piquiri - PR
Atualizado às 19h49 - Fonte: Climatempo
23°
Muitas nuvens

Mín. 20° Máx. 27°

23° Sensação
6.4 km/h Vento
79.2% Umidade do ar
67% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (06/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 19° Máx. 30°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Domingo (07/03)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 18° Máx. 30°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias