Sábado, 17 de Abril de 2021
(44)9 8806-5594
BRASIL Ínusitados

Vídeo: Pecuarista leva susto ao encontrar bichos estranhos em propriedade de SC

Homem se deparou com três animais um tanto quanto inusitados e diferentes.

08/04/2021 05h08
Por: Redação Fonte: Nd+
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Ao chegar na propriedade localizada na linha Fuzil, interior de Flor do Sertão, no Oeste de Santa Catarina, o pecuarista e empresário Joracir Piroca, de 53 anos, levou um susto. Isso porque se deparou com três animais um tanto quanto inusitados e diferentes. “Eu nunca tinha visto, por isso me assustei”, disse. À primeira vista os animais pareciam com cachorros um pouco diferentes dos já conhecidos pelo pecuarista. “Quando me aproximei achei eles bem diferentes e pensei que não eram cachorros”, relatou.

Os animais tinham as orelhas pontudas e o rabo fino e comprido, parecido com o de ratões-do-banhado e a pelagem era curta e rala. O produtor rural se aproximou e até tentou chamá-los. De imediato eles não fugiram, mas também não chegaram mais perto.

 

No vídeo gravado é possível ver os animais andando em meio ao mato tranquilamente. “Foi a primeira vez que vi animais desse tipo na região. Por achá-los diferentes, filmei e registrei as fotos. O vídeo viralizou e chamou atenção”, contou.

De acordo com o biólogo Jackson Preuss, os animais flagrados no vídeo são silvestres. “Se trata de cachorros-do-mato pertencentes à espécie Cerdocyon thous. Eles estão com as características alteradas, principalmente na pelagem, porque estão acometidos por uma doença bem grave que é a sarna”, explicou.

Ele esclareceu que, provavelmente, eles tiveram contato com animais domésticos que tinham essa patogenia e passaram para os animais silvestres. “Já temos registros na literatura de outros canídeos que contraíram sarna, como é o caso do lobo guará, por exemplo”. O biólogo ressaltou que esses animais não devem ser mortos, uma vez que qualquer contato mais próximo apresenta perigo de zoonoses, mas eles também são protegidos por lei.

“Maltratar e matar qualquer animal silvestre se configura como crime. O adequado era que algum órgão ambiental, se conseguisse, recolhesse esses animais para o tratamento adequado e depois soltura no ambiente natural”, acrescentou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Alto Piquiri - PR
Atualizado às 11h47 - Fonte: Climatempo
28°
Muitas nuvens

Mín. 14° Máx. 31°

28° Sensação
5.8 km/h Vento
43.3% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (18/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 32°

Sol com algumas nuvens
Segunda (19/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 17° Máx. 31°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias