Dengue
ACCEL CELULARES
Decoração
ACCEL CELULARES
Tíade Corretorra
Coronavirus
El Mate
Dengue
Portal Alto Piquiri
Sumup
Portal Alto Piquiri
Colorado-PR

Combustível adulterado estraga mais de 10 carros e gerente de posto é presa no Paraná

A mulher segue detida após ter sido autuada por crime contra a ordem econômica por vender o combustível fora do padrão exigido pela ANP.

19/02/2020 17h06Atualizado há 2 meses
Por: Portal Alto Piquiri
Fonte: PARANÁ PORTAL
577
Carros estragaram após abastecer e tiveram de ser guinchados. (Divulgação/Polícia Civil)
Carros estragaram após abastecer e tiveram de ser guinchados. (Divulgação/Polícia Civil)

Uma gerente de um posto em Colorado, na região norte do Paraná, foi presa em flagrante nesta quarta-feira (19) por vender combustível adulterado. O estabelecimento, na PR-542, viu mais de 10 carros estragarem após abastecerem no local.

 

Segundo o delegado Alysson Tinoco, da PCPR (Polícia Civil do Paraná), 12 motoristas já procuraram a delegacia, sendo que sete já prestaram depoimento até às 14h30. A primeira vítima, que percebeu a irregularidade, tinha abastecido o carro antes das 8 horas da manhã. Contudo, a gerente recusou parar a venda dos combustíveis mesmo com as reclamações dos condutores.

 

“Ficou bem materializado que os carros estavam abastecendo e parando. Desconfiamos que o combustível tenha sido adulterado com água. A quantidade de álcool, que deveria ser de 92,8%, estava muito abaixo disso, por volta de 50%”, relatou ele ao Paraná Portal.

Segundo o delegado, uma equipe da polícia foi até o local e constatou que um indicador do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), na própria bomba de combustível, apontou uma alteração no produto.

 

Além disso, os policiais fecharam as bombas de combustível e aguardam uma equipe da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) para lacrar tudo e fechar o posto com medida administrativa.

“A gente pediu para a gerente fazer o teste da pepeta na gasolina e ela falou que não faziam. Isso é uma obrigação do posto”, completou o delegado.

A mulher segue detida após ter sido autuada por crime contra a ordem econômica por vender o combustível fora do padrão exigido pela ANP. Por fim, ela aguarda a audiência de custódia para conquistar a liberdade provisória.

Indicador apontava a adulteração no combustível. (Divulgação / Polícia Civil)

 

Alto Piquiri - PR
Atualizado às 21h55
22°
Poucas nuvens Máxima: 29° - Mínima: 15°
22°

Sensação

11.2 km/h

Vento

47.9%

Umidade

Fonte: Climatempo
Portal Alto Piquiri-Dengue
Dengue
ACCEL CELULARES
Previsão do Tempo
ACCEL CELULARES
Coronavirus
Sumup
ACCEL CELULARES
Portal Alto Piquiri
Municípios
Portal Alto Piquiri
Dengue
Portal Alto Piquiri
Últimas notícias
Portal Alto Piquiri
Mais lidas
Anúncio
Anúncio