Quarta, 04 de Agosto de 2021
(44)9 8806-5594
POLÍCIA Atropelamento

Criança morre ao ser atropelada em Londrina, motorista está desaparecido

O delegado responsável pelo caso disse acreditar que, entre os próximos dias, o autor do crime se apresente.

21/07/2021 06h39 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação Fonte: Ric Mais
Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução
Rodinaldo, de um ano e sete meses, morreu, no último sábado (17), ao ser vítima de um atropelamento no Jardim Vila Rica, zona oeste de Londrina, no norte do Paraná. O motorista chegou a encaminhar a vítima até o hospital, depois de insistência da família, mas a criança não resistiu aos ferimentos. Em seguida, o condutor fugiu. Nesta terça-feira (20), os pais foram até a Delegacia de Trânsito para prestar depoimento.
Em entrevista, Fernanda Andrade - mãe de Rodinaldo - relatou que tinha levado o filho até a casa da avó. No início da noite, foi buscar o menino. Eles estavam na calçada quando o carro surgiu em alta velocidade e na contramão, assim como conta Fernanda.
“Na hora que meu filho estava indo até mim, pela calçada mesmo, veio o [motorista] pela contramão e matou o meu nenenzinho na calçada, perto de mim, na minha frente. A batida foi tão forte no meu nenenzinho que ele tirou raspa de mim pela contramão, que deram duas convulsões no meu nenê […]. Ele estourou o crânio do meu filho”, detalhou Fernanda emocionada.
Em seguida, a mulher contou que teve que insistir para que o condutor levasse a criança até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Jardim Sabará. Ao chegar no local, o motorista fugiu. A família disse conhecer o homem.
“Quero justiça, quero que ele pague pelo que ele fez, porque ele sabe o que ele fez. Ele tirou o nosso nenenzinho. Nosso nenenzinho tinha só um ano e sete meses de vida […] ele tem que pagar pelo que ele fez, não adianta correr, se esconder, fugir […]”, suplica o pai de Rodinaldo, Matheus Andrade.
O laudo do Instituto Médico Legal (IML) apontou que Rodinaldo sofreu politraumatismo pelo corpo todo, acentuado no crânio. A gravidade dos ferimentos, para o IML, mostra que o impacto foi forte e violento.
A Polícia Civil abriu um inquérito para escutar mais testemunhas. O delegado responsável pelo caso disse acreditar que, entre os próximos dias, o autor do crime se apresente.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Alto Piquiri - PR
Atualizado às 06h03 - Fonte: Climatempo
Poucas nuvens

Mín. Máx. 24°

° Sensação
14.5 km/h Vento
65.1% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (05/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 11° Máx. 26°

Sol com algumas nuvens
Sexta (06/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 12° Máx. 28°

Sol com muitas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias