Terça, 28 de Setembro de 2021
36°

Poucas nuvens

Alto Piquiri - PR

BRASIL Acidente aéreo

Sócio da Raízen irmão de Rubens Ometto, 3 filhos, esposa e pilotos: quem são as vítimas do acidente de Piracicaba

O avião era tripulado por piloto e copiloto, além de cinco passageiros, um casal e três filhos.

14/09/2021 às 14h16 Atualizada em 14/09/2021 às 14h46
Por: Redação Fonte: G1 Piracicaba e Região
Compartilhe:
Empresário Celso Silveira Mello Filho e a esposa Maria Luiza Meneghel, morreram em queda de avião na manhã desta terça-feira (14) em Piracicaba (SP). — Foto: Reprodução EPTV
Empresário Celso Silveira Mello Filho e a esposa Maria Luiza Meneghel, morreram em queda de avião na manhã desta terça-feira (14) em Piracicaba (SP). — Foto: Reprodução EPTV
A queda de um avião modelo King Air B200, ano 2019, prefixo PS-CSM, deixou sete mortos em Piracicaba (SP) na manhã desta terça-feira (14). Entre as vítimas, estava o empresário acionista da usina Raízen, Celso Silveira Mello Filho, a esposa e os três filhos, além do piloto e copiloto da aeronave.
Celso Silveira era irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, o bilionário Rubens Ometto Silveira Mello. Uma lista divulgada pela revista Forbes em 2013 apontava o empresário brasileiro Rubens Ometto entre os 10 bilionários mais “verdes” do mundo naquele ano. Na lista, a revista cita bilionários do setor de “energia limpa”. A Cosan é um dos maiores produtores e processadores de cana-de-açúcar e um dos maiores produtores de etanol do mundo.
Veja quem são as vítimas:
Celso Silveira Mello Filho, 73 anos
Maria Luiza Meneghel, 71 anos
Celso Meneghel Silveira Mello, 46 anos
Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, 48 anos
Fernando Meneghel Silveira Mello, 46 anos
Piloto: Celso Elias Carloni, 39 anos
Copiloto: Giovani Dedini Gulo, 24 anos
O empresário de 73 anos era economista, já participou da coordenação geral na implantação de projetos na Usina Costa Pinto S/A – Açúcar e Álcool, onde fez parte de aumento da capacidade de produção de Álcool.
Mello Filho exercia cargos em empresas com atividades nos estados de São Paulo, Paraná, Tocantins e Pará: Diretor Presidente da S.M. Agropecuária LTDA; Sócio Gerente da Consultoria Certo e Assessoria Econômica S/S LTDA; Diretor Presidente da Rio Cortado Agropecuária S/A; Diretor Presidente da Vale Bonito Agropecuária S/A; Diretor Presidente da CSM Agropecuária LTDA; Diretor Presidente da Faculdade de Educação, Cultura e Tecnologia da Amazônia S/A.

Maria Luiza Meneghel acompanha o esposo, o empresário Celso Silveira Mello Filho, em cerimônia na Câmara dos Vereadores de Piracicaba (SP). — Foto: Reprodução/EPTV

Ele também já foi presidente do Esporte Clube XV de Piracicaba. O time publicou uma nota nas redes sociais lamentando o caso. "O XV de Piracicaba lamenta profundamente o falecimento de Celso Silveira Mello Filho, sua esposa, filhos e demais tripulantes vítimas da queda da aeronave em que estavam presentes nesta terça-feira (14)."

Empresário Celso Silveira Mello, de 73 anos, e a esposa Maria Luisa Meneghel em Piracicaba (SP). — Foto: Reprodução/EPTV

Os gêmeos Celso e Fernando

Um dos filhos do empresário, Fernando Mello, era atleta de tiro esportivo. Ele foi campeão sul-americano e chegou a representar o Brasil nos Jogos-Pan Americanos de Lima, no Peru, na categoria fossa olímpica.

O outro filho, Celso Mello, era piloto de autocross desde adolescente. Ele foi tricampeão brasileiro de autocross (2011, 2012 e 2017), uma modalidade que também foi praticada pelo pai.

O piloto Celso Elias Carloni

O piloto de 39 anos trabalhava há quase 20 anos com aviação. Foi comandante desde 2002 até 2008 em uma empresa. A partir de 2008 assumiu posto como copiloto em outra e desde 2008 era comandante em mais quatro empresas. Celso era piracicabano, mas atualmente morava em Sorocaba.

Piloto Celso Elias Carloni, 39 anos, e copiloto Giovani Dedini Gulo, 24 anos — Foto: Reprodução/EPTV

A queda

De acordo com os bombeiros, o avião saiu do Aeroporto de Piracicaba com destino ao Pará e caiu logo depois, pouco antes das 9h, em uma área verde ao lado da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec).

O vídeo no início da reportagem mostra o momento que o avião cai ao fundo de um condomínio. Após atingir alguns eucaliptos durante a queda, a aeronave explodiu e teve início um incêndio na mata.

Segundo a Prefeitura de Piracicaba, o avião modelo King Air B200 saiu do Aeroporto Municipal Pedro Morganti e a queda aconteceu cerca de 15 segundos após a decolagem, em uma plantação de eucaliptos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias