Sexta, 22 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Alto Piquiri - PR

SAÚDE Pandemia

Três irmãos que recusaram vacina morrem de covid-19 em intervalo de 8 dias em SC

Denilde, Valdir e Deneci Carboni morreram por complicações da covid em intervalo de oito dias em SC.

23/09/2021 às 18h25 Atualizada em 23/09/2021 às 18h33
Por: Redação Fonte: UOL
Compartilhe:
(Fotos: Arquivo Pessoal)
(Fotos: Arquivo Pessoal)

Três irmãos que decidiram não tomar a vacina contra a covid morreram em decorrência da doença em um intervalo de apenas oito dias. Deneci Carboni Pedro, de 51 anos, morreu ontem após 21 dias internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Seus irmãos Valdir e Denilde Carboni Pedro, de 49 e 52 anos, morreram no dia 13 de setembro. Os três são naturais da cidade de São João do Sul, no sul de Santa Catarina.

Clique aqui para receber as notícias do Portal Alto Piquiri em Tempo Real através do WhatsApp

“Elas [Deneci e Denilde] não quiseram a vacina por falta de informação, falta de divulgação dos motivos para tomar. Como tinham diabetes, elas tinham medo de tomar e complicar a saúde delas”, explicou Altair Carboni Pedro, de 55 anos, em entrevista ao UOL. Ele disse que o irmão Valdir não tomou a vacina, pois precisava trabalhar: “Ele, inclusive, foi o primeiro a falecer”.

Os três irmãos, que moravam muito próximos, na Vila de Santa Catarina, comunidade rural de São João do Sul (SC), se infectaram junto a ao menos outros 12 familiares, disse Altair. No final de agosto, eles já estavam internados, sendo transferidos para UTIs de um hospital da cidade de Sombrio (SC).

 

Para ler a matéria completa no UOL clique aqui.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias