Sexta, 22 de Outubro de 2021
20°

Poucas nuvens

Alto Piquiri - PR

POLÍCIA Cinco anos foragido

Foragido há 5 anos, ex-vereador de Altônia é preso em São Paulo

O pedido de prisão preventiva foi feito pela Polícia Civil de Avaré, interior de São Paulo, em 2016.

26/09/2021 às 06h02
Por: Redação Fonte: Ric Mais
Compartilhe:
Foto: Vinícius Azevedo/Umuarama News
Foto: Vinícius Azevedo/Umuarama News

Um ex-vereador da cidade de Altônia foi preso por policiais de São Paulo nesta quinta-feira (23). Ele estava foragido havia cinco anos e é suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas.

O ex-político foi preso por equipes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC) de São Bernardo do Campo, região do ABC Paulista. O pedido de prisão preventiva foi feito pela Polícia Civil de Avaré, interior de São Paulo, em 2016.

Clique aqui para receber as notícias do Portal Alto Piquiri em Tempo Real através do WhatsApp

Na época, uma caminhonete com placas de Altônia foi parada por equipes da Polícia Militar Rodoviária em uma rodovia na região de Avaré. No carro, dirigido por um jovem de 23 anos, as autoridades encontraram aproximadamente 200 quilos de maconha.

O motorista do veículo informou que o então vereador também era responsável pela droga. De acordo com o motorista, o vereador seria o encarregado de fazer com que a droga chegasse ao seu destino, atuando como batedor.

O carro em que o vereador dirigia, também com placas de Altônia, havia sido parado pela mesma equipe policial minutos antes. Ele se identificou como vereador e, após os policiais constatarem que não havia nada de ilícito no veículo, ele foi liberado.

Propina

Após a prisão do motorista da caminhonete, o então político teria pedido para que um advogado e um bacharel fossem até a base da Polícia Militar Rodoviária para tentar liberar o jovem.

De acordo com a polícia, os dois ofereceram R$ 3 mil para que os policiais liberassem o rapaz. Os policiais não aceitaram a propina e prenderam os dois homens por corrupção ativa.

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias