Sexta, 22 de Outubro de 2021
19°

Poucas nuvens

Alto Piquiri - PR

RELIGIÃO Pandemia

Resolução amplia para 70% a capacidade máxima em igrejas, no Paraná

Secretaria de Estado da Saúde manteve recomendação para que celebrações e cultos ocorram de forma virtual.

08/10/2021 às 05h19 Atualizada em 08/10/2021 às 06h12
Por: Redação Fonte: G1 PR
Compartilhe:
Conforme a resolução, é preciso garantir afastamento mínimo de um metro, em todas as direções, entre as pessoas presentes — Foto: Reprodução/RPC
Conforme a resolução, é preciso garantir afastamento mínimo de um metro, em todas as direções, entre as pessoas presentes — Foto: Reprodução/RPC

Uma resolução da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ampliou a capacidade máxima de público em igrejas e templos religiosos de 50% para 70%, no Paraná. O documento, que foi publicado na quarta-feira (6), revoga a resolução anterior.

Confira a resolução 927/2021

Conforme a resolução, é preciso garantir afastamento mínimo de um metro, em todas as direções, entre as pessoas presentes. O documento manteve a recomendação para que as celebrações e cultos religiosos ocorram de forma virtual.

Clique aqui para receber as notícias do Portal Alto Piquiri em Tempo Real através do WhatsApp

De acordo com a Sesa, a flexibilização ocorreu por causa do cenário epidemiológico do estado, que aponta para diminuição do número de casos da Covid-19, além da baixa taxa de ocupação de leitos exclusivos para a doença.

“É importante lembrar que a mudança nas orientações não é um relaxamento nas medidas. Estamos trabalhando dentro da realidade epidemiológica do Paraná e é importante que as pessoas mantenham os cuidados”, afirmou Beto Preto, secretário de Estado da Saúde.

Desde março de 2020, quando ocorreram os primeiros casos de coronavírus no estado, foram registrados 1.515.417 casos confirmados e 39.151 mortes.

Ao todo, segundo a Sesa, 1.424.855 pessoas se recuperaram da doença, o que representa 94% dos infectados pelo vírus no estado. A taxa de letalidade da doença é de 2%.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias