Segunda, 29 de Novembro de 2021
26°

Pancada de chuva

Alto Piquiri - PR

ESPECIAIS Solidariedade

A história do altoniense Nicollas Azevedo, 2 anos, demonstra a máxima de que a união faz a força

As pessoas interessadas em contribuir, ainda podem doar qualquer valor. Quanto mais ajuda nesse caso, maior é a possibilidade de a família não passar dificuldades durante o tratamento de Nicollas.

19/11/2021 às 06h20
Por: Redação Fonte: Cidade em Pauta - Altônia
Compartilhe:
Foto: arquivo familiar – cedidas pela família
Foto: arquivo familiar – cedidas pela família
Nicollas foi diagnosticado no fim de setembro com o câncer Rabdomiossarcoma, localizado entre seu intestino e a bexiga. Desde que a família recebeu o diagnóstico, o garoto passa por tratamento no Hospital das Clínicas de Curitiba, o que vem gerando muitas despesas para os pais, Natiele Azevedo e Emerson Novais.
Para auxiliá-los, familiares e amigos se empenharam com divulgações nas redes sociais e criaram uma vakinha on-line para arrecadar o dinheiro, já que os pais não têm condições de, sozinhos, arcar com as despesas de hospedagem, alimentação e outros gastos em Curitiba.
A mobilização foi tão grande que dentro de dez dias, 415 apoiadores se juntaram a causa e arrecadaram mais de R$ 26 mil. A meta inicial da campanha era conseguir R$ 20 mil. Natielle, a mãe de Nicollas, agradece o apoio de todas as pessoas que contribuíram e que ajudaram com as divulgações.
“A campanha foi um sucesso, graças a Deus. Sou muito grata a todas as pessoas que compartilharam e ajudaram, vocês não sabem a gratidão que estamos sentindo. Vimos que existem sim pessoas maravilhosas nesse mundo, que ajudam o próximo. Para gente, o que mais importa é que o meu filho fique bem”, ressaltou Natielle ao Cidade em Pauta.
As pessoas interessadas em contribuir, ainda podem doar qualquer valor. Quanto mais ajuda nesse caso, maior é a possibilidade de a família não passar dificuldades durante o tratamento de Nicollas.
O link para acessar a vakinha é:
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias