Sexta, 28 de Janeiro de 2022
28°

Pancada de chuva

Alto Piquiri - PR

BRASIL Dia de Reis

Dia de Reis: conheça o significado e os benefícios do incenso, da mirra e do ouro, presentes dados pelos magos a Jesus

Para além do simbolismo construído pela fé cristã, a ciência ainda mostra que os presentes trazem diferentes benefícios para a saúde.

06/01/2022 às 06h14
Por: Redação
Compartilhe:
Imagem: McIninch/iStock
Imagem: McIninch/iStock

Passadas as festividades do Natal e do Réveillon, ainda no início do ano, em 6 de janeiro comemora-se o Dia de Reis. Popularmente conhecida por ser o dia de desmontar o pinheirinho de Natal e encerrar as comemorações de fim de ano, a data também carrega um significado importante para a fé cristã. Em 6 de janeiro, o recém-nascido Jesus Cristo teria recebido a visita dos três Reis Magos, que o presentearam com incenso, mirra e ouro.  

Os presentes, que em um primeiro momento podem parecer pouco comuns para serem dados a uma criança, são mais do que uma recordação, mas sim um símbolo, já que, de acordo com a tradição cristã, cada um deles reserva um significado especial sobre o nascimento de Jesus. Para além do seu simbolismo, a ciência ainda mostra que esses presentes ainda trazem diferentes benefícios para a saúde.

 

O ouro, dado pelo rei mago Melchior, mostra o reconhecimento de que, mesmo ainda bebê, Jesus seria o rei universal — já que esse elemento está ligado à realeza e à riqueza. Registros históricos indicam que , embora associado ao luxo, o ouro também era usado para fins medicinais. De acordo com o Laboratório de Química do Estado Sólido (LQES), da Unicamp, há 5 mil anos os egípcios bebiam um elixir de ouro, para o rejuvenescimento e cura de doenças. 

 

De lá para cá, diversos benefícios foram descobertos sobre esse metal. O ouro foi muito utilizado na odontologia, já que não é tóxico, tem fácil modelagem e não se desgasta com o tempo. Em 1890, o pesquisador alemão Robert Koch recebeu o Prêmio Nobel por  descobrir que compostos feitos com ouro inibiam o crescimento das bactérias que causavam a tuberculose. Conforme o LQES, hoje, na medicina moderna, o elemento está inserido em tratamentos de doenças como artrite, úlceras de pele, neuropatia, desintoxicação e desnutrição.

 

Dado pelo rei mago Gaspar, o incenso era ofertado somente para as divindades. Assim, o presente mostra que os magos viram em Jesus o próprio Deus. Já a mirra, uma oferta do rei mago Baltazar, era usada para preparar os corpos para o sepultamento. Assim, ao presentear Jesus com a mirra, os magos viram nele humanidade, como se aquele que é o rei universal também fosse verdadeiramente humano. 

Um estudo da  Universidade de Cardiff, do Reino Unido, indicou que os dois presentes, o incenso e a mirra, têm propriedades anticancerígenas. Em entrevista à BBC, Ahmed Ali, um dos cientistas responsáveis pela pesquisa, explicou que o olíbano (resina aromática usada na fabricação de incensos), especialmente o extraído na Somália, pode ser  usada para mitigar a metástase de células cancerígenas invitro. Ou seja, com ele é possível impedir que o câncer se espalhe. 

A substância ainda pode ser utilizada para interromper inflamação ou inchaço e consegue ajudar no combate à artrite, além de reduzir os sintomas da colite ulcerosa - uma condição inflamatória intestinal.

 

Clique aqui para receber as notícias do Portal Alto Piquiri em Tempo Real através do WhatsApp

A mirra, por sua vez, se utilizada no tratamento contra o câncer, consegue atacar as células cancerígenas e as matar, sem prejudicar as saudáveis. Richard Clarkson, colega de Ali no estudo, explicou à BBC que a combinação da mirra, que tem como alvo as células atingidas pelo câncer, com o extrato do olíbano, que impede o tumor de se espalhar, pode ser um bom caminho na luta contra a doença.  

Natural da África do Sul, a planta medicinal também é comumente utilizada para dor de garganta, inflamação na gengiva, infecções de pele ou acne, por exemplo, já que tem propriedades anti-inflamatórias. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias