Sexta, 20 de Maio de 2022

Poucas nuvens

Alto Piquiri - PR

RELIGIÃO Silêncio

Padre Robson publica mensagem após mais de um ano de silêncio

O padre Robson estava então respondendo a graves acusações de desvio de dinheiro em montantes que chegavam a 100 milhões de reais.

25/01/2022 às 19h37
Por: Redação Fonte: Aleteia.org
Compartilhe:
Padre Robson de Oliveira / Facebook (Reprodução)
Padre Robson de Oliveira / Facebook (Reprodução)

Após mais de um ano de silêncio total nas redes sociais em obediência a determinações de seus superiores religiosos, o padre Robson de Oliveira voltou a publicar uma mensagem no seu Instagram na noite deste domingo.

Ele escreveu:

“Por vezes, acabamos não compreendendo os desígnios de Deus em nossa vida! Muitas vezes, ficamos até perdidos diante dos acontecimentos e dos fatos que não compreendemos, que não entendemos. É preciso aprender com São José a submissão a Deus na oração e no silêncio da escuta”

Antes desta mensagem, as últimas publicações do sacerdote datavam de 22 e 23 de agosto de 2020, ou seja, há quase um ano e quatro meses. Numa delas, em vídeo, o padre comunicava que estava se desligando da reitoria do Santuário do Divino Pai Eterno em Trindade, GO, e da presidência da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), a entidade mantenedora do santuário.

Acusações, processo e falta de comprovações

O padre Robson estava então respondendo a graves acusações de desvio de dinheiro em montantes que chegavam a 100 milhões de reais. Durante o midiático processo judicial a que foi submetido, as acusações não foram comprovadas.

No mês passado, a Polícia Federal (PF) pediu ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) a prisão preventiva do sacerdote com base no que seriam “novas provas” de um suposto pagamento de propina registrado em áudios apreendidos no celular do padre Robson.

Cleber Lopes, advogado do sacerdote, declarou à imprensa que a solicitação de prisão preventiva “não tem base jurídica nenhuma” e que não havia “nada de novo nesse pedido de prisão”.

Por outro lado, para a PF, seria necessário um “aprofundamento das investigações para que esse fato seja elucidado para o bem da sociedade goiana e do sistema judiciário e não continue coberto pelo manto da impunidade dos ‘poderosos’”. O pedido de prisão preventiva não foi acatado.

Nova mensagem após mais de um ano de silêncio

A nova mensagem que o padre Robson publicou em sua rede social foi recebida com reações diversas pelo público. Algumas pessoas elogiaram o sacerdote e se mostraram solidárias a ele, enquanto outras o criticaram pelas acusações sofridas e se disseram decepcionadas come ele.

Devido às investigações, o padre Robson está temporariamente afastado do exercício do ministério sacerdotal por decreto de dom Washington Cruz, arcebispo metropolitano de Goiânia. A congregação dos redentoristas, à qual pertence o padre Robson, também o havia proibido temporariamente de celebrar os sacramentos e de participar de programas de rádio, TV ou internet.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias