Sexta, 20 de Maio de 2022

Poucas nuvens

Alto Piquiri - PR

POLÍCIA Feminicídio

Mulher é morta a golpes de facão no dia das mães, em Foz do Iguaçu

O filho da vítima relatou que o homem tentava reatar o relacionamento, mas que sua mãe recusava.

10/05/2022 às 15h24 Atualizada em 10/05/2022 às 15h33
Por: Redação Fonte: Canal do Galhardo
Compartilhe:
Imagem: Reprodução Redes Sociais
Imagem: Reprodução Redes Sociais
Angelina Krindges Padilla, de 40 anos de idade, foi brutalmente agredida na noite do dia 08 de Maio de 2022, pelo ex-companheiro. O crime aconteceu no Porto Meira, em Foz do Iguaçu.
O filho da vítima, de 16 anos, relatou que a mãe dormia em um quarto separado do dele, e que escutou um forte barulho. O criminoso havia batido um automóvel no portão da casa para derrubá-lo, em seguida arrombou a porta da residência e foi até onde Angelina estava e começou a agredi-la. Arrastou a mulher para um outro quarto e começou a desferir diversos golpes de facão, ainda a jogou sobre a cama e continuou a desferir golpes de facão contra a mulher.
O filho conseguiu sair correndo até a rua onde pediu por socorro e ajuda. A polícia militar foi acionada, momento que autor se evadiu do local. Ele deixou para trás um galão de gasolina, dando a entender que a intenção era também de atear fogo na casa.
O homem fugiu em um veículo VW/SANTANA de cor branca. O filho da vítima relatou que o homem tentava reatar o relacionamento, mas que sua mãe recusava.
Socorristas do Siate prestaram atendimento à vítima, que foi encaminhada em estado grave ao hospital Municipal. Angelina não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 06h40.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias