Sexta, 20 de Maio de 2022

Poucas nuvens

Alto Piquiri - PR

POLÍCIA Tragédia

Delegado explica como criança de 3 anos morreu afogada em máquina de lavar, em Cascavel

Os primeiros atendimentos foram na calçada em frente ao prédio onde a família mora. A menina foi levada para o interior da UTI móvel para ser encaminhada ao Hospital, mas não resistiu.

14/05/2022 às 18h20 Atualizada em 14/05/2022 às 18h28
Por: Redação Fonte: Ric Mais
Compartilhe:
Imagem: Ilustrativa
Imagem: Ilustrativa
O delegado Fernando Zamoner, de Cascavel, no oeste do Paraná, explicou nesta quinta-feira (12) como aconteceu a situação que acabou com a morte de uma criança de 3 anos afogada em uma máquina de lavar roupas. O caso aconteceu no sábado (7).
Clique aqui para receber as notícias do Portal Alto Piquiri em Tempo Real através do WhatsApp
De acordo com o delegado, a criança estava passando o fim de semana na casa do pai e ficou sob os cuidados da madrasta. Os relatos da família apontam que a menina já havia ficado com a mulher enquanto o pai trabalhava em outras ocasiões.
Na manhã de sábado, conforme a polícia, a madrasta estava cuidando da criança enquanto lavava roupas. Na casa também viviam as duas filhas da mulher, uma brincava no parquinho e a outra estava na residência quando o acidente aconteceu.
Leia Mais:
A madrasta afirmou que retirou as roupas de dentro da máquina de lavar, do modelo tanquinho, e permitiu que a menina brincasse na água já usada. Um banquinho foi colocado para que a criança alcançasse o eletrodoméstico e alguns brinquedos foram espalhados na água. Em seguida, a madrasta precisou se afastar do cômodo, indo até um quarto onde eram guardadas as roupas.
Segundo a madrasta, ao voltarem para a lavanderia, sua filha olhou dentro da máquina de lavar e conseguiu ver a criança lá dentro. Elas retiraram a menina da água e ligaram para o pai, que trabalhava em um local próximo de casa, pedindo por ajuda.
O pai tentou fazer algumas manobras de reanimação, mas nada funcionou. Um vizinho que viu a situação acionou o socorro do Corpo de Bombeiros.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias